Perguntas Frequentes (F.A.Q.)

#1. Vocês oferecem palestras, workshops e/ou cursos sob demanda?

Sim. Contate-nos por e-mail para saber as condições e disponibilidade.

 

#2. Sou cientista. O que eu faço para divulgarem meu artigo?

Sempre compartilhamos links para artigos científicos em nossa página do Facebook. Se você deseja ter seu artigo compartilhado, escreva pra gente. Porém, se deseja algo mais elaborado, como uma postagem no blog ou um vídeo, veja este link, ou consulte nossa página de serviços.

 

#3.Vocês são jornalistas?

Não. Somos cientistas pesquisadores em Paleontologia. Paralelamente temos esta iniciativa de divulgação científica.

#4. Achei um fóssil. O que devo fazer?

Evite retirar o fóssil do local onde ele foi encontrado e contate, assim que possível, um paleontólogo(a), de preferência o(a) mais próximo(a) de você. Se não conhecer nenhum, nós podemos ajudar. Envie-nos um email com boas fotos (use uma régua como escala) e responderemos com orientações específicas.

 

#5. Posso vender um fóssil?

A legislação brasileira não permite o comércio de fósseis encontrados em território nacional e os sítios paleontológicos são considerados Patrimônio da União. A destruição dos sítios, a venda e a compra de fósseis são considerados crimes de acordo com o DECRETO-LEI Nº 4.146, DE 4 DE MARÇO DE 1942,  Art. 1º, que diz: “Os depósitos fossilíferos são propriedade da Nação, e, como tais, a extração de espécimes fósseis depende de autorização prévia e fiscalização do Departamento Nacional da Produção Mineral, do Ministério da Agricultura”.