A Grande Jornada da América do Sul



INTRODUÇÃO

Todos nós que sonhávamos sermos exploradores quando criança, assistindo os filmes de Spielberg e George Lucas, ou mesmo aqueles ainda mais antigos, filmes B de aventura, pois bem, todos nós que gostamos do gênero tivemos uma fase assim: O que acontece se quando a gente fica mais velho e somos atingidos com uma tremenda vontade de viver uma aventura de verdade?

“A Grande Jornada na América do Sul” é uma série de crônicas reais de uma viagem que realizei em Janeiro de 2010, partindo da Amazônia Brasileira até os Andes Bolivianos, e depois ao Atacama, no Chile, os desertos Peruanos, as ruínas Incas aos arredores de Cusco, e de volta a Amazônia, atravessando a borda Peru/Brasil.

O enfoque foi dado às questões Arqueólogicas nesses locais, mas também foram observadas e anotadas observações paleontológicas, ecológicas e geológicas desses fantásticos e tão contrastantes lugares.




Diferentes civilizações povoaram essas regiões e deixaram seus traços: os famosos Incas, com seus palácios de templos, os Nasca, com seus geoglifos misteriosos, múmias e aquedutos do deserto, os Tiwanaku – meus favoritos – com extensas cidades desde os Andes até ruínas no Deserto do Atacama, e ainda os Geoglifos do Acre brasileiro, de uma época antes da atual selva dominar as regiões de planície, que hoje revela traços de uma complexa sociedade que vivia na região Amazônica brasileira.

Alagações na selva, Montain Biking nas nuvens dos Andes, a travessia do Deserto de sal de Uyuni, ruínas no deserto, fósseis e múmias nessas crônicas de aventura que serão apresentadas em capítulos aqui no Mesozoic Tales.

Espero que os leitores gostem tão quanto eu gostei em conhecer aqueles lugares.


Figura acima: Mapa esquemático resumindo os trajetos realizados durante toda a jornada pela América do Sul, narrados nessas crônicas. Autoria: Tito Aureliano, 2011.





Tito Aureliano

Author & Editor

Professora, Doutora e apaixonada por Paleontologia, me dedico, além das pesquisas, à divulgar ciência para o público geral.